Aberlades Figueiredo: histórias inusitadas na Extensão Rural

Cheio de particularidades, Aberlades Figueiredo tem em sua trajetória de 40 anos de Acar/Emater-MG muitas histórias e curiosidades. Ele conta três fatos que marcaram sua vida. “Sempre digo que a empresa foi muito generosa comigo. Logo no início da minha carreira fui designado para Matozinhos, seguido de Ouro Preto, duas cidades maravilhosas. Mas o melhor ainda estava por vir, em apenas quatro anos consegui voltar para minha cidade, Lavras, onde trabalhei por mais 36 anos e me aposentei. Muitos me perguntavam o que eu tinha feito pra estar de volta em tão pouco tempo e eu respondia serenamente que era o crédito rural, atividade que aprendi e desenvolvia com habilidade. Outro caso inusitado foi durante a inauguração de nosso escritório sede. Na ocasião, tive a grata surpresa em saber que o presidente da empresa Guy Torres era o mesmo que tinha sido meu professor de administração rural e estávamos novamente nos encontrando, agora como profissionais. E quer saber mais? Também nunca fiz o pré-serviço. Nunca me chamaram e eu não fiz,” recorda.

Dentre as atividades que o sócio da Amaer deixou de fazer por conta da pandemia e que sente muita falta é dançar nos bailes de Lavras e região. Viúvo, ele conta que a família está bem e é grato pela presença do filho, nora e netos em sua vida.