Amaer e Emater-MG juntas pela memória da Extensão Rural

O presidente da Amaer, Francisco Fernandes de Araújo, se reuniu com o diretor-presidente da Emater-MG, Gustavo Laterza, e o diretor administrativo e financeiro, Cláudio Bortolini, no escritório central da empresa, em Belo Horizonte.

Na pauta de discussões estavam assuntos importantes, como a retomada do Projeto Memória, que será um trabalho conjunto entre a Associação e a Emater-MG. “Provavelmente em novembro três estagiários começarão os trabalhos no espaço do projeto, que contará também com a participação da Amaer na condução dos trabalhos, especialmente do nosso diretor cultural, Alfredo Milton Corrêa. Vamos unir esforços e conhecimento para reviver a história da extensão rural”, informa o presidente da Amaer.

Outros temas como a importância da Associação para a união dos funcionários da empresa que se aposentam foram tratados, inclusive ressaltando que não é preciso estar aposentado para se associar à Amaer, colaboradores da ativa podem se tornar sócios aspirantes. E é nessa categoria que o presidente e o diretor administrativo e financeiro da Emater-MG ficaram de analisar o formulário e aderirem a Associação.

O Plano Família Ceres também foi discutido durante a reunião, bem como o uso da estrutura comunicativa da Emater-MG para apresentar a Associação para os funcionários que estão se aposentando.