Conselho Fiscal da Ceres elege nova chapa

Foram eleitos no último dia 28 de novembro os novos representantes do Conselho Fiscal da Ceres para o período de 2017 a 2020. Representando os participantes e assistidos dos planos patrocinados pela Emater-MG, foram escolhidos, em chapa única, como membro titular o presidente da Amaer, Sebastião Cardoso Barbosa, e como suplente, Lúcio Passos Ferreira.

A Ceres administra três planos de Benefícios da Patrocinadora Emater-MG. Cada um deles com características próprias, peculiaridades e particularidades, em termos de patrimônio, participantes e regulamento. São eles: o Plano Básico – que compreende os assistidos que se aposentaram até dezembro de 2007; o Plano Saldado – originário dos direitos adquiridos pelos empregados na ativa em dezembro de 2007 e o Plano Flex.

Segundo a proposta de trabalho vencedora, o que garante o equilíbrio dos planos Básicos e Saldados é o patrimônio de cada um, acrescido de dois contratos da dívida da Emater-MG para com os planos. Estes contratos tiveram origem no déficit destes planos e vencem em 2026 e 2024, respectivamente. A Emater-MG repassa mensalmente a CERES as parcelas destes contratos.

Quanto ao Plano Flex cuja implantação, em dezembro de 2007, representou um fato marcante nos planos de benefícios da Emater-MG, possui características diferentes dos Planos Básico e Saldado, mas com o mesmo propósito, pagar benefícios em função da acumulação de reservas.

De acordo com Sebastião Cardoso, a função do Conselho Fiscal da Ceres é ficar vigilante e acompanhar todos os indicadores de gestão dos planos. “O mais importante é manter os participantes, os assistidos e os pensionistas informados da performance de cada plano, para que tenham tranquilidade na certeza do recebimento de seu benefício”, explica.

Confira as propostas para o período 2017 – 2020:

  • Buscar a integração e a parceria com os membros do Conselho Fiscal de outros Fundos de Pensão na busca de experiências visando a elaboração de relatórios e demais peças de controle.
  • Realizar parceria com as auditorias existentes na Fundação Ceres buscando sintonia dos trabalhos destas auditorias com o trabalho do Conselho Fiscal.
  • Melhorar a qualificação em Previdência Complementar buscando nosso aperfeiçoamento através de participação em cursos, congressos, seminários e eventos.
  • Incentivar a formação de grupos de participantes no Sinter e na Amaer com o objetivo de nos assessorar e contribuir com sugestões para o desempenho de nossas funções no conselho Fiscal.
  • Fortalecer o Comitê Consultivo dos Planos da Emater-MG, já com nova formatação, onde estão representantes da Amaer, Sinter e os representantes da empresa e dos participantes nos Conselhos, Deliberativo e Fiscal da Ceres, objetivando analisar e discutir a gestão dos Planos de Benefícios.
  • Articular com a Emater-MG (Patrocinadora) e sua representante no Conselho Deliberativo da Ceres, buscando formas de capacitar as representantes nos escritórios regionais da Empresa visando aperfeiçoar o atendimento aos participantes e assistidos.
  • Manter informados os participantes, assistidos e pensionistas sobre o desempenho dos Planos de Benefícios através dos veículos de comunicação (jornais, informes, internet e outros) tanto do Sinter como da Amaer.

O que é o Conselho Fiscal?

O Conselho é um órgão colegiado que tem a missão de fiscalizar a gestão econômico financeira da Fundação Ceres. Dentre as principais atribuições do órgão estão examinar e emitir relatórios sobre os balancetes da Fundação, emitir parecer sobre o balanço anual da Ceres, examinar, a qualquer época, os livros, registros contábeis e documentos da Fundação.