Denis Soares: ânimo e esperança em dias melhores

A pandemia do novo coronavírus, Covid-19, mudou a vida de muita gente. E com o associado da Amaer, Denis Mota Soares, não foi diferente. Ao lado da esposa e sempre companheira, Cleide, ele conta como estão vivendo atualmente. “Infelizmente, com o isolamento social, eu e minha companheira, de mais de 40 anos, deixamos de fazer nossos passeios que amamos, como ir pescar no Pantanal, viajar para o litoral e outros lugares”, conta.

Aos 66 anos, Denis afirma que sente falta também das caminhadas no fim de tarde, do bate-papo na praça e de jogar baralho com os amigos. Prazeres que foram deixados de lado para se proteger nesse período.

O associado da Amaer e técnico agropecuário se orgulha da carreira que construiu ao longo das quatro décadas dedicadas à extensão rural.  Ele conta que passou pelos municípios de Santo Antônio do Monte, onde mora atualmente, Aimorés, São Roque de Minas, Conselheiro Pena, Guanhães, Pedra do Indaiá e Araújos. “Eu tenho muita saudade dos colegas do tempo da ativa. A gente era uma irmandade e conseguíamos ver com satisfação a evolução do nosso trabalho, que fazia diferença na vida de muita gente. Eu amo a Acar/Emater-MG de coração. Agradeço a tudo dia por tudo e, principalmente, pela oportunidade de criar e formar meus filhos”, encerra.