Editorial: Emater – 70 anos de Pioneirismo

Neste ano nossa querida Emater-MG completa 70 anos. Em uma trajetória marcada pelo pioneirismo, foi a primeira experiência brasileira na introdução de novas técnicas agrícolas para os produtores rurais, levando até o campo aquele conhecimento que era gerado nos centros de ensino e de pesquisa. Não é à toa que no dia 6 de dezembro, data de aniversário da Emater-MG, também é comemorado o Dia da Extensão Rural em todo o Brasil.

São sete décadas contribuindo para o fortalecimento do setor agropecuário. Criada em 1948, na época como Acar, a instituição se consolidou como referência no desenvolvimento sustentável e na execução de programas e políticas públicas. Considerada como exemplo para o país, tornou-se um dos principais instrumentos do governo de Minas para a ação operacional e de planejamento no setor agrícola.

As histórias da Emater-MG e da Amaer se misturam. Em 2019, nossa associação completa 30 anos e temos o orgulho de congregar com aqueles que contribuíram para o sucesso da Emater-MG e para desenvolvimento do setor rural em Minas Gerais. Profissionais que dedicaram tempo e sabedoria para transformar Minas Gerais em referência do setor agrícola e que, posteriormente, aliaram toda experiência e conhecimento conquistados para dar corpo a nossa querida Amaer, em 1989.

Valorizar a nossa história é um importante passo para avançar. Só a partir da vivência que tivemos no passado, podemos construir, repensar e realizar com mais clareza os que virão. Para tudo na vida, devemos ter um resgate e, em seguida, o avanço.

Nesse contexto, ressaltamos o importante trabalho do Projeto Memória, que em dezembro desde ano completa 20 anos. Um local em que a história da extensão rural e a da agricultura brasileira podem ser vistas por meio de um acervo de fontes textuais, documentos e fotos, equipamentos, revistas e divulgações das mais diversas, que narram épocas e fases da Emater-MG, da criação até os dias atuais.

A Amaer, neste contexto, junto com a Emater-MG, estão empenhadas na revitalização do Projeto Memória. O objetivo é fortalecer e incentivar a preservação de um acervo que valoriza a nossa trajetória. E para isso precisamos contar com a participação de todos associados. Cada um de nós ajudou a escrever e está gravado na história da nossa Emater-MG.

Relembro aqui, com carinho, as palavras de José Paulo Ribeiro em seu fantástico livro “A Saga da Extensão Rural”: “A Emater-MG tem sido uma casa e uma escola. Uma casa de onde saíram as melhores safras do extensionismo brasileiro e uma escola onde foram moldadas as pessoas responsáveis pelo seu sucesso.”.

                    Vida longa à nossa Emater-MG e a nossa Amaer!

Dando continuidade ao nosso plano de trabalho, continuamos dentre outras ações, empenhados na divulgação do Plano Família Ceres, onde já obtivemos os primeiros resultados,

A Diretoria e funcionários, estarão sempre de braços abertos aos associados e convidam a participarem das atividades para fortalecer a integração e congraçamento de todos.

Um Forte Abraço a todos,