Fábio Freire Lopes: fazer o bem faz muito bem!

Um voluntário nato! Essa é uma característica marcante no aposentado Fábio Freire Lopes. Atualmente ele dedica seu tempo e conhecimento à solidariedade com os mais necessitados. Entre as entidades agraciadas com esse trabalho está o hospital Semper, onde há sete anos Freire canta e visita os pacientes, usando a música como instrumento para deixar o ambiente mais leve e humano.

Na Fraternidade Olhos da Luz, em Sabará, Fábio Freire também colabora, há 12 anos, com várias atividades, entre elas o canto e a gravação de dois CDs com a renda revertida para a casa. “Canto também em clínicas, outros hospitais, asilos, residências de pacientes que estiveram hospitalizados, eventos beneficentes e participo, com o canto, na tarefa de distribuição de alimentos a moradores de rua”, afirma.

Nos momentos em casa, Freire procura aprender novas canções a pedido dos pacientes e lê livros, de preferência espiritualistas. Também oferece, gratuitamente, atividades como reiki e massagens terapêuticas na Fraternidade Tenda do Amor.

Após 42 anos dedicados a Emater-MG, Fábio Freire passou por momentos difíceis na vida profissional e pessoal, mas sempre contou com a ajuda de verdadeiros “anjos” dentro da empresa. Iniciou a carreira com 16 anos como datilógrafo e se aposentou em 2014 como Técnico em Recursos Humanos, atuando como Terapeuta no Programa de Saúde da Emater-MG, onde atendeu mais de 200 pessoas.

Também na empresa, objetivando a integração dos funcionários, lançou junto com colegas a ideia da criação de um coral. Nascendo assim, o Coral da Emater-MG.

Fábio Freire ainda tem planos de gravar um CD religioso, com musicas autorais, fazer um show beneficente e escrever um livro sobre a virada da sua vida a partir dos 50 anos.