PERGUNTAS E RESPOSTAS

Previdência complementar é uma poupança feita para gerar uma renda adicional que pode ser usada tanto para substituir o salário a partir do momento da aposentadoria quanto para realizar projetos de vida como pagar a faculdade de um filho, iniciar uma poupança para o futuro de um neto, etc.

Durante um determinado tempo, você contribui para um fundo ou uma conta e essas contribuições são aplicadas no mercado financeiro, com o objetivo de acumular um patrimônio suficiente para ser recebido na época desejada.

Sim. No plano de previdência complementar, a administração do dinheiro é feita por profissionais aptos a avaliar as aplicações e investir com menos risco do que se você próprio fosse investir no mercado. Além disso, você não perde o capital investido. Vai recebê-lo em forma de renda ou, se desistir do plano, pode sacá-lo ou transferi-lo para outro plano de previdência.

O Plano Família Ceres irá proporcionar aos familiares dos associados a oportunidade de participar de um plano de benefícios. Consiste em uma contribuição mensal, a ser escolhida pelo participante, que ao longo do tempo e somada a rentabilidade, se transformará em uma reserva, que será convertida em uma renda mensal.

São considerados familiares o cônjuge, companheiro (a) e demais parentes consanguíneos, e por afinidade,  até o 3º grau. Por exemplo, filhos, netos, pais, avós, irmãos, sobrinhos e tios.

Planejar a vida financeira é uma atitude que garante tranquilidade no futuro. Uma boa alternativa é aderir a um Plano de Previdência Complementar.

E quando se trata de gestão previdenciária, os indicadores de desempenho da Ceres estão entre os melhores, quando comparados aos bancos, seguradoras e de outros fundos de pensão. Em 2016, a rentabilidade dos investimentos administrados pela Ceres foi de 17,05%, bem acima do desempenho dos bancos que vendem planos de previdência, como os PGBL.

Outro diferencial é a Taxa de Administração Global de 0,45% sobre os investimentos, bem abaixo das taxas administrativas praticadas no mercado de previdência aberto.

As inscrições para o Família Ceres serão realizadas após  o lançamento do plano. Para aderir é preciso que os assistidos e pensionistas sejam sócios da AMAER.

A Amaer já é oficialmente a instituidora do Plano Família Ceres. A associação foi a primeira a assinar o convênio de adesão do novo plano, na sede da Ceres, em Brasília, no dia 29 de setembro.

Sempre atenta as possibilidades de oferecer novas vantagens aos seus associados, a Amaer amplia seu leque de benefícios com o Família Ceres e já trabalha como ponto de referência para informações do plano, bem como motiva seus associados a divulgarem a novidade para seus familiares. Outro papel importante da associação, será a supervisão do plano junto a Ceres.

 

Para conseguir esse feito, a Associação aprovou, durante assembleia, no final do mês de agosto de 2017, as alterações necessárias em seu estatuto. Tais modificações foram caracterizadas pela alteração em seu quadro social, que a partir de agora contará com Associados Contribuintes, que pagam mensalidade, que são os aposentados e pensionistas, bem como os empregados da Emater-MG.

Também foi criada a figura do Associado NÃO Contribuintes, que não paga mensalidade, para contemplar os familiares dos associados que aderirem ao Plano Família Ceres.

Outra novidade é a inclusão de aposentados, pensionistas e empregados da Epamig.

Aposentados e pensionistas da Emater-MG e Epamig que desejam indicar um parente para ser beneficiário do Família Ceres.

Os empregados dessas duas empresas que estão na ativa, automaticamente, já estão inscritos na Anapec, uma outra instituidora do plano.

O associado Amaer, atualmente, paga uma contribuição mensal de R$ 22,00.

Nesse caso, o menor será o participante e você será apenas o responsável financeiro, que fará o pagamento das contribuições. Nessa situação é necessário que tanto o responsável financeiro quanto o menor informe seus CPFs para serem cadastrados no plano.

Sim. O aposentado assistido ou pensionista desejando participar deste programa, colocando familiares no plano, é obrigatório participar como sócio de um Instituidor, mas seus familiares ficarão com sócios não contribuintes, não fazendo nenhuma contribuição para a Amaer.

Taxa de Administração – 1% ao ano, dividido em 12 meses.

Na inscrição, o participante vai utilizar o simulador disponível no site da Ceres para escolher o valor da sua contribuição e indicar a idade provável na qual estima receber a renda programada. Essas informações servirão de base para estimar a meta projetada da renda a ser recebida.

Como sugestão do plano, para manter o seu valor real e não prejudicar a expectativa de renda do participante, o valor da contribuição básica escolhido na inscrição será corrigido pela variação do INPC uma vez por ano, porém a decisão final será sempre do participante quanto ao valor que deseja pagar.

Sim. A contribuição mínima para o plano é de R$ 50,00 para participantes menores de 18 anos e de R$ 150,00 para maiores de 18 anos. Não há limite máximo de contribuição.

Contribuição Básica de Participante – Contribuição mensal paga pelo Participante com a finalidade de prover o pagamento de renda programada e o custeio administrativo.
Contribuição Básica Líquida de Participante – Contribuição básica descontada da Taxa de Carregamento.
Contribuição Adicional de Participante – Contribuição mensal paga pelo Participante, para garantia do Capital Segurado, destinada a dar cobertura às rendas e pecúlio de risco, para aquele que optar por esta cobertura.
Contribuição Esporádica de Participante – Contribuição voluntária e esporádica paga pelo Participante.
Contribuição de Terceiros – Contribuição facultativa realizada por empregadores em relação a seus empregados, instituidores em relação a seus associados ou terceiros, mediante celebração de instrumento contratual específico para este propósito.

Sim. Com o instituto da Portabilidade, o Família Ceres poderá receber os recursos financeiros de plano de benefícios de caráter previdenciário operado por entidade de previdência complementar ou sociedade seguradora.

Quanto à tributação, há duas possibilidades: manter o mesmo regime do plano anterior, sendo computado no plano Família Ceres o tempo de contribuição do plano de origem, ou, se o plano de origem tinha como opção a tabela progressiva, no plano Família pode-se alterar para a tabela regressiva. Nesse caso, o prazo anterior na tabela progressiva deixará de ser computado e a partir da portabilidade será iniciada uma nova contagem de prazo na tabela regressiva. Caso a opção de regime do plano anterior tenha sido pela tabela regressiva, não há a possibilidade de alteração para a tabela progressiva em relação à reserva portada ou migrada.

Não há carência para requerimento da Renda Programada e o participante pode escolher como quer receber o valor. Existem três opções disponíveis:
I – Renda por percentual Conta Individual – Aplicação de um percentual escolhido pelo Participante (entre 0,25% e 2%) sobre o saldo de conta. A renda será paga enquanto houver saldo;
II – Renda em quotas por prazo certo – Transformação do saldo da Conta em quotas e, posteriormente, em renda mensal financeira (em Reais R$) paga pelo prazo definido pelo participante. Nesse caso, o valor da renda será calculado todo mês, com base no valor da quota na data do pagamento. A quota representa uma fração do patrimônio do Plano, e a sua variação corresponde à rentabilidade líquida alcançada com a aplicação dos recursos;
III – Renda em valor monetário em Reais por prazo certo – Transformação do saldo da Conta Assistido Renda em renda mensal financeira (em Reais R$), a ser paga pelo prazo definido pelo participante.
Vantagem! No momento do requerimento da renda, ao Participante tem a opção de fazer um resgate parcial e receber até 20% do seu saldo de conta. O valor restante será transformado em Renda Programada de periodicidade mensal.

Sim, basta solicitar isso à Ceres. O cancelamento implicará na perda dos direitos previstos no plano e no cancelamento automático da inscrição dos seus Beneficiários. Quanto ao seu saldo de conta, você terá as seguintes opções:
Portabilidade – Transferir, a qualquer tempo, o saldo total das suas contas individuais para outro Plano de Benefícios de caráter previdenciário operado por entidade de previdência complementar ou sociedade seguradora devidamente autorizada. Não haverá pagamento de Imposto de Renda sobre os valores portados.
Resgate – Sacar 100% o saldo das suas contas individuais, desde que tenha pelo menos 36 meses de inscrição no plano. O Imposto de Renda será descontado do valor a ser resgatado.

As contribuições mensais devem ser lançadas na ficha Pagamentos Efetuados, campo Previdência Complementar, para Ceres – Fundação de Seguridade Social, CNPJ 00.532.804/0001-31. Elas devem ser somadas às suas contribuições para quaisquer outros planos de previdência privada, até mesmo em nome de filhos, e podem ser deduzidas da renda bruta tributável na declaração completa, até o limite de 12%.
Obs: O modelo simplificado não permite deduzir as contribuições feitas aos planos de previdência (PGBL e Tradicional).

Fique atento aos canais de comunicação da Amaer. Todas as informações do Família Ceres serão disponibilizadas aos associados, bem como o esclarecimento de dúvidas.

Os representantes dos Polos Regionais também foram orientados para levar aos sócios o maior número de informações sobre o plano.

Dúvidas e Orientações

Entre em contato com a Amaer pelo telefone (31)  3342-1475 ou e-mail: amaer@emater.mg.gov.br. Você também pode se informar por meio dos canais de atendimento da Ceres: 0800 979 2005, (61) 99649-4234 – WhatsApp ou atende@ceres.org.br.

Polo Regional de Alfenas

Representante Regional: Francisco de Paula Vitor
E-mail: franciscopvalves@gmail.com
Telefones: (35) 32913095 ou (35) 98809-4525

Polo Regional de Curvelo

Representante Regional: Alencar de Campos Valadares
E-mail: mailto:alkrvala@yahoo.com.br
Telefones: (38) 99957-0289 ou (38) 3721-1770

Polo Regional de Divinópolis

Representante Regional: Maria Auxiliadora Fonseca
E-mail: auxiliadora.fonseca@emater.mg.gov.br
Telefones: (37) 3214-3800 ou (37) 98822-7335

Polo Regional de Juiz de Fora

Representante Regional: Jeovah de Abreu
E-mail: jeovah1939@gmail.com
Telefones: (32) 98806-5041 ou (32) 3216-3542

Representante Regional: Sérgio de Jesus Vilela
E-mail: sergiojvilela@gmail.com
Telefone: (32) 3215-9354

Polo Regional de Lavras

Representante Regional: Jose Francisco de Rezende
E-mail: josefranciscoderezende@hotmail.com
Telefones: (35) 3821-4968 (35) 98889-4968

Polo Regional de Montes Claros

Representante Regional: Maria Elizabete Ribeiro Silva
E-mail: melsilvamoc@hotmail.com
Telefones: (38) 3223-2130 (38) 99826-3893

Polo Regional de Patos de Minas

Representante Regional: José Francisco Vargas
E-mail: marizeacvargas@gmail.com
Telefones: (34) 38213793 ou (34) 99142-6023

Representante Regional: Mauricio Almeida
E-mail: engoagromauricioalmeida@hotmail.com
Telefones: (34) 3822-3888 ou (34) 98815-2188

Polo Regional de Pouso Alegre

Representante Regional: José Aluizio Nery
E-mail: joaner1208@gmail.com
Telefones: (35) 9836-5502 ou (35)  3422-4407

Polo Regional de Sete Lagoas

Representante Regional: Maria da Conceição B. e Silva
E-mail: nininhaseven@yahoo.com.br
Telefones: (31) 98868-6420 ou (31) 3772-0863

Representante Regional: Gênia Rocha Sena
E-mail: genia.sena@emater.mg.gov.br
Telefone: (31) 3774-4940

Polo Regional de Teófilo Otoni

Representante Regional:Afonso Peixoto Magalhães
E-mail: magalpeixoto@gmail.com
Telefone: (33) 98805-7789

Polo Regional de Uberlândia

Representante Regional: Darci Maria do Rosário Julião
E-mail: darci.rosario@emater.mg.gov.br
Telefones: (34) 99807-2535 ou (34) 3338-5533

Representante Regional: Adélio Braz Tinoco
E-mail: adeliojunior@gmail.com
Telefones: (34) 99992-8246 ou (34) 3236-6223

Polo Regional de Viçosa

Representante Regional: José Carlos dos Santos
E-mail: jcarlos2803@yahoo.com.br
Telefones: (31) 3891-2987 ou (31) 99965-1265

Representante Regional: José Mota Ramos
E-mail: josemotaramos25@gmail.com
Telefones: (31) 3891-2651 ou (31) 99968-5846

Representante Regional: Teodoro Alberto C. Graça
E-mail: talbertocg@yahoo.com.br
Telefones: (31)3891-2298 ou (31) 3891-3155