João Ramos: Compartilhar conhecimento para um mundo melhor

João Ramos - A todo vapor

A questão não é a idade, mas sim como se vive. É com essa frase que o extensionista aposentado, João Ramos de Oliveira, de 75 anos, se identifica. Natural de Itaipé, no Vale do Mucuri, atualmente ele mora em Montes Claros, no Norte de Minas, e continua com muita disposição, inclusive sendo indagados pelos colegas sobre as caminhadas e corridas que realiza pela cidade.

Aposentado desde 2000, o associado da Amaer se dedica a empresa de consultoria agropecuária que fundou em Montes Claros, chamada Alternativa. Também realiza, através da empresa Propec, trabalhos de consultoria na produção de alimentos no continente Africano. Ele também reserva um tempo para compartilhar seu conhecimento de forma voluntária. “Eu acho um desperdício a pessoa se aposentar e não passar seu conhecimento adiante. Realizo um trabalho voluntário na área de recuperação de dependentes químicos na Fazenda Solidariedade São Francisco de Assis. Os participantes aprendem técnicas de produção de alimentos, horta, entre outras atividades”, afirma.

João Ramos - A todo vaporJoão Ramos conta que a família está bem, que ainda gosta muito de fotografar e viajar. Ele também fala sobre sua paixão por música. “Gosto de tocar violão e cantar. Também tenho algumas composições”. Ele fala sobre o que espera para o futuro: “quero continuar as minhas atividades e trabalhar para um mundo melhor, desenvolvendo trabalhos relativos a produção de alimentos”, encerra.