José Mota Ramos: lazer e sossego ao lado da família

Depois de mais de trinta anos dedicados à extensão Rural, José Mota, ou Zé Mota como preferem os amigos, continua ligado as coisas da terra, mas dessa vez no aconchego de seu sítio, em Viçosa, onde vive desde 2003, quando se aposentou. “Nos meus planos de aposentadoria, estava traçado que me dedicaria a minha família. Destino o meu tempo de ócio fictício a cuidar do que tenho no meu cantinho: minhas galinhas caipiras, perus, gansos, meu bando de canários da terra, pomar, meus jardins e gramados”, diz.

Mota conta que a família está bem e enaltece a presença das netas, “Como complemento de minha alegria tenho duas netas que são os anjos do céu que caíram em meus braços”, se orgulha.

José Mota prestou serviços nos escritórios locais de Carangola, Guiricema, Coimbra, Senhora de Oliveira e Piranga. Ele conta que ainda sente saudades das visitas que faziam aos produtores na época da ativa e do carinho recebido por eles. Quanto aos colegas de extensão, o contato permanece. “Mantenho contato com meus colegas de aposentadoria e colegas da ativa em Viçosa e algumas cidades vizinhas”, encerra.