Projeto amplia acesso da agricultura familiar aos mercados institucionais

Projeto Circuito Alimentação capacita gestores púbicos e entidades da sociedade civil

DSC_1105 (Large)O presidente da Emater-MG, Glenio Martins, participou nesta terça-feira, 14, do lançamento do projeto Circuito Alimentação, realizado na Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Minas Gerais (Fetaemg), em Belo Horizonte. O projeto visa capacitar gestores púbicos e entidades da sociedade civil com o objetivo de ampliar o acesso da agricultura familiar aos diferentes mercados institucionais, como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

O Circuito Alimentação é desenvolvido pela Secretária de Estado de Desenvolvimento Agrário, Secretária de Estado de Educação e Emater-MG, com apoio das Secretárias de Estado de Governo e de Planejamento e Gestão, através dos Fóruns Regionais.

“No começo de 2015 o governador Fernando Pimentel regulamentou a Política Estadual de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar. Também tivemos o grande anuncio da ampliação dos valores investidos em merenda escolar, para cada real da União o Governo Estadual investe outro, dobrando assim os valores. Estas ações geram mercados institucionais com grandes possibilidades e o Circuito Alimentação é uma demonstração clara que estamos nos organizando, através da capitação de gestores e entidades, para atender as demandas”, ressalta Glenio ao afirmar que o Circuito Alimentação faz parte de um contexto maior pelo fortalecimento da agricultura familiar.

Capacitações

O Circuito Alimentação realiza capacitação técnica através de oficinas para mobilização e sensibilização dos gestores públicos e das entidades da sociedade civil, como associações e cooperativas de produtores. As primeiras oficinas acontecem nesta ter-feira (14/06) e quarta-feira (15/06), no sítio da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Minas Gerais (Fetaemg), em Belo Horizonte.

Fonte: Emater-MG